top of page

Escultura participa de exposições e recebe menção honrosa

Atualizado: há 7 dias








Com a escultura em cerâmica “Cara de Ovo”, Mazé Andrade recebeu, em 2023, menção honrosa do Museu Casa de Portinari, após participar de exposição que integrava a 48ª Semana de Portinari, em Brodowsky, São Paulo. Em dezembro, a obra seguiu para a coletiva “Resistência da Arte – A flor nascida na fresta do asfalto”, na Pinacoteca Fórum das Artes, em Botucatú-SP. A mostra, realizada pelo Clube de Artistas, ficará em cartaz até 31 de março de 2024.

Para Mazé, o ovo por ela moldado não apenas simboliza a gênese no seu interior. A vida se expande para casca, mostrando sua face. Será que podemos conversar com ela? E o que perguntaríamos? A “Cara de Ovo” seria uma espécie de oráculo para nos responder sobre o princípio da vida? Essas são questões que permeiam a mente da artista. “Tal como uma sacerdotisa, esse rosto feminino também nos arrebata das discussões inúteis para nos fazer refletir sobre o que realmente importa: onde estaremos daqui a 100 anos?”, exemplifica. A obra foi inspirada em Sérgio Bustamante, artista que criou um mundo imagético fantástico, imprimindo rostos em diversos objetos.


Abaixo, texto da curadora Adriana Scartaris:


«Decifra-me e eu `Te Pondero´: O Oráculo do Legado»

Mazé Andrade, através de sua obra “Cara de Ovo”, apresenta a possibilidade de um mundo criado no qual o ovo torna-se o epicentro da vida, não apenas um receptáculo, mas um oráculo que nos convida à introspecção. Como uma sacerdotisa contemporânea, a escultura revela um rosto feminino, olhos verdes que observam, boca delicadamente fechada, impregnada com a dúvida sutil de uma observadora do tempo;

A simbologia genésica do barro, matéria-prima da escultura, é habilmente explorada pela experiente escultora. Do solo nasce a obra, o germe que demanda cuidado e moldagem até atingir a plenitude. O rosto feminino da escultura, com seus olhos verdes perspicazes, adota o papel de mediadora entre a materialidade e o efêmero. A boca fechada, adornada com batom vermelho, sugere a contenção de segredos, convidando-nos a questionar se a obra detém as respostas para nossas indagações sobre a essência da vida e o significado de nossa existência.

Mazé Andrade converte o ovo em um símbolo multifacetado, uma esfinge contemporânea que nos convida a decifrar os enigmas da existência e ponderar sobre o legado de nossas escolhas.


Dados técnicos:

Título: “Cara de Ovo”

Artista: Mazé Andrade

Técnica: Cerâmica esmaltada (queimada de até 1250 graus)

Dimensões: 20 cm x 20cm e 22 cm de altura

Ano: 2022/2023

Peso: 1,5 kg

Apenas sete exemplares únicos




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page