Buscar
  • Mazé Andrade

Do bruto ao belo

Atualizado: 20 de jan. de 2021

As matérias-primas nas esculturas de Mazé Andrade.



Em qualquer trabalho, o ser humano atua sobre os elementos da natureza, transformando-os. Já o artista vai além: imprime um olhar diferenciado, sublimando o barro, ou tintas, ao construir, a partir deles, uma bela obra, exprimindo o seu entorno de forma poética. Com 40 anos dedicados à arte, Mazé já trabalhou com diversos elementos: tinta óleo, bico de pena, madeira, dentre outros. Nos últimos anos, escolheu a argila como sua matéria-prima. "Parece que há uma troca de energia, de forma que me sinto extremamente bem nessa atividade", conta.

Tudo começa com a argila, sobre a qual ela molda sua inspiração. Depois, a obra é coberta por gesso ou silicone e espera-se secar para que seja produzida uma fôrma. Atualmente, também vem sendo usado barro líquido. Por fim, a fôrma é preenchida ou por concreto, ou resina, ou pó de mármore ou ainda massa plástica. A escolha depende do resultado ao qual se quer chegar. "Reflito sobre qual material combina melhor com a peça", justifica.

Mas o processo de produção não termina por aí. Saindo da fôrma, faz-se necessário o acabamento. A obra é lixada e pintada. No caso do uso do concreto, ela pode ser encerada em vez de pintada. "Pode ser aplicada cêra ou até mesmo bianco, que confere mais brilho à peça", explica. Os demais materiais são pintados. Todo o processo demanda mais de um mês de dedicação.

Dessas matérias-primas, a artista conta que não gosta de usar a resina pura, preferindo misturá-la a outros elementos, pois é transparente e pode amarelar com o tempo. A sua dica é mesclar a resina ao pó de mármore ou ainda à fibra de vidro. Neste último caso, o produto fica bem mais leve. O composto foi explorado por Mazé na sua coleção de máscaras africanas, a qual se dedicou após estudos sobre o tema. As máscaras também receberam outros elementos: a Kuba, por exemplo, é adornada com palha.

Para a melhor manutenção de uma obra de arte em casa, Mazé recomenda a constante limpeza com um pano úmido. No caso de concreto sem pintura, também é interessante usar cêra transparente para conservar o brilho.


#esculturas #escultura #artes #artista #obradearte #concreto #argila #resina

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo